Início
NOTÍCIAS
25/04/2007
Cuiabá terá centro especializado em saúde do trabalhador
Secom CâmaraCbá/Fablício Rodrigues
Vereador Lúdio Cabral presidiu a audiência
Moradores da Capital vão poder contar com um centro especializado em saúde do trabalho. O anuncio foi feito pelo diretor da Vigilância à Saúde da Prefeitura Municipal, Gerson Blat, durante audiência pública realizada nesta quarta-feira (25), no plenário Milton Figueiredo, “Plenarinho”, na Câmara Municipal de Cuiabá, para discutir políticas públicas de saúde dos trabalhadores.

Convocada pelo vereador Lúdio Cabral (PT), a audiência reuniu representantes de sindicatos, Prefeitura, empresas de transporte coletivo e da Delegacia Regional do Trabalho.

Segundo o diretor de Vigilância à Saúde, a inauguração do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador será realizada no prazo máximo de 20 dias, na Avenida Getúlio Vargas, em frente ao antigo prédio da Câmara Municipal. “A saúde do trabalhador precisa ser tratada com seriedade. Temos que mobilizar não apenas os empresários, mas também os próprios trabalhadores a cobrarem os seus direitos”, afirmou.

O Centro de Referência vai facilitar a implementação de políticas públicas na área de Saúde do Trabalhador. “Com a centralização do atendimento inicial poderemos fazer estatísticas sobre o tema. Isso é importante para a realização das adequações necessárias. Tudo que é novo precisa de ajustes”, explicou.

Depois de ser atendido no Centro de Referência, o trabalhador será encaminhado a um profissional especializado da rede pública municipal. “Este atendimento inicial é importante para captar e identificar as doenças, além de possibilitar um atendimento adequado ao trabalhador”, ressaltou Blat.

A delegada regional do trabalho em Mato Grosso, Marilete Mulinari Girardi, destacou a importância da atuação das entidades de classe no combate às doenças do trabalho. “Atuamos em parceria com os sindicatos porque nossa equipe é reduzida diante do número de denúncias. Precisamos de um esforço conjunto da Força Sindical, Prefeitura, Central Única dos Trabalhadores (CUT), e demais entidades representativas para sanarmos estes problemas”, alertou.

O vereador Lúdio Cabral lembrou que a Lei Complementar nº 147, aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito em 19 de janeiro de 2007, assegura aos trabalhadores da rede pública informações sobre os riscos das atividades no trabalho e realização sistemática de fiscalização nas empresas. “Os trabalhadores têm que conhecer seus direitos e cobrar dos empresários uma postura adequada. Para isso precisamos mobilizar as categorias”, enfatizou.

As discussões sobre o tema serão retomadas amanhã, às 14h, na Assembléia Legislativa durante audiência pública sobre a saúde do trabalhador na esfera Estadual.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Andrea Haddad



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
28/09 - CCJR emite nove pareceres de aprovação e seis de rejeição durante reunião desta quarta
28/09 - Sessões desta terça aprovam pareceres e processos em primeira votação
28/09 - Vereador diz que situação de repasse a hospital deve ser resolvida com urgência
27/09 - Projeto Cuibaninhos na Câmara recebe 70 alunos nesta terça
23/09 - Agora é lei o projeto piloto do Programa de Escola Cívico-Militar em Cuiabá
22/09 - Segue para sanção projeto que garante prevenção e exame do câncer de colorretal
21/09 - Entidades já podem indicar nomes para moção de aplauso em alusão a Consciência Negra
21/09 - Comissões emitiram nesta terça parecer ao PL que regulamenta o 5G em Cuiabá e a um veto
20/09 - Vereadora pretende acionar judicialmente empresa concessionária
20/09 - Sessões desta terça analisam vetos, projetos de leis e de decreto legislativo
19/09 - Câmara realiza treinamento para servidores sobre o uso do protocolo digital
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.