Início
NOTÍCIAS
26/09/2007
Serviço de telefonia móvel lidera reclamações em Mato Grosso
Secom Câmara/CBA
Audiência discutiu telefonia móvel
O serviço de telefonia móvel é lidera o número das reclamações registradas na Procon em Mato Grosso. Este ano foram registradas 1.789 reclamações o que corresponde a 13,83% do total registrado. Em terceiro lugar figura o serviço de telefonia fixa com 1.074 casos que representa 8,30% dos casos e 22% dos atendimentos efetuados pelo órgão de defesa do consumidor. Esses números foram apresentados na Câmara Municipal de Cuiabá durante a audiência pública requerida pela vereadora Enelinda Scala e que reuniu representantes das empresas prestadoras do serviço de telefonia fixa e móvel, sindicato e vários segmentos da sociedade, os vereadores Luiz Poção, Francisco Vuolo (PR) e Dilemário Alencar (PTB).

Classificada de “Chamada democrática” a iniciativa da vereadora Enelinda Scala mereceu elogios da parte das operadoras, que na oportunidade apresentaram números, e falaram dos investimentos na área social e prestação de serviços para o consumidor.

O gerente operacional substituto da Anatel, Marcelo Henrique repassou informações sobre as normas de funcionamento das empresas e dos 12indicadores de qualidade que abrange a prestação de serviço no país.

Márcio Tatz, diretor da Vivo disse que a prestação de serviços de Mato grosso é a mesma oferecida em outros estados, dentro e fora do país. “Para o investidor não existe diferença o que existe é a vontade de cada dia melhorar a relação de consumo e atender as necessidades do mercado”, disse.

Reginaldo Silva da TIM disse que a cobertura de atendimento está além da necessidade, Chamou a atenção para as ações de responsabilidade social que atende dois mil alunos, promovendo aulas de música e tendo a música como elemento redutor de fronteiras e desigualdades.

A Brasil Telecom ressaltou os investimentos na área social com o projeto Siminina e anunciou o reconhecimento da Assembléia legislativa para as atividades que beneficiam há mais de 10 anos meninas na faixa etária de sete a 14 anos. Segundo Wagner Oliveira Gomes, diretor da filial da empresa em Mato Grosso, até o final do ano a empresa deverá absorver algo em torno de 12 mil colaboradores que já atuam como terceirizados o que vai resultar na melhoria do atendimento do consumidor.

O gerente da filial da Claro no estado, Gleysson Fernandes disse que a empresa ocupa o terceiro lugar na qualidade do atendimento, esta presente em 2.300 cidades e possui 24 milhões de clientes. A empresa, explicou, já desponta como a empresa que obteve redução no número de reclamações.

Da parte do Sindicato dos trabalhadores dos Trabalhadores Telefônicos de Mato Grosso, Lauro Benedito de Siqueira, a precarização dos serviços terceirizados é um problema grave o setor de telecomunicações. “Nós sabemos que esta política de trabalho vai refletir diretamente no atendimento.”, afirmou.

Já o representante de gerência e fiscalização de controle Procon estadual, Ivo Vinícius Firmo ressaltou que a situação exige ações concretas que resultem na melhoria da prestação de serviços e mais transparência na relação com o consumidor.

Na condição de autora do requerimento que deu origem a audiência, a vereadora enalteceu a participação das empresas, sindicatos, e órgãos de defesa do consumidor e cobrou mais investimentos no setor que possam traduzir satisfação e qualidade para cliente.

Assessoria: Secom CâmaraCbá



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
18/10 - Com apoio de Toninho de Souza, obras de pavimentação no 1º de Março estão a todo vapor
17/10 - Vereador Frankes homenageia professores em solenidade nesta sexta
17/10 - Vereador faz alerta e pede conscientização para diminuir violência no trânsito
17/10 - Vereador Dr. Xavier é homenageado na 4ª Copa Nacional de Bandas e Fanfarras
17/10 - Toninho de Souza agradece votação e reafirma compromisso com moradores do 1º de Março
17/10 - Mães de crianças de colo e gestantes podem ter vaga obrigatória em estacionamentos da capital.
17/10 - Toninho de Souza luta contra despejo de famílias do bairro Cidade Verde em Cuiabá
17/10 - MUDANÇA NO CÓDIGO TRIBUTÁRIO: Câmara aprova projeto para que imposto pago pelo Uber fique em Cuiabá
16/10 - Agente de Saúde pede que socorram a categoria na Tribuna Livre
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.