Início
NOTÍCIAS
14/03/2017
Vereadores votam contra o aumento de salário e concede benefícios aos servidores concursados
Ednei Rosa - Secom CâmaraCbá

A Câmara de Cuiabá manteve o veto do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) sobre aumento dos salários dos vereadores, do chefe do Executivo municipal e vice-prefeito. A votação ocorreu na sessão plenária desta terça-feira (14.03), além disso, foi concedido aos servidores efetivos da Casa de Leis a Revisão Geral Anual (RGA) e auxilio alimentação.

Foram votados os vetos do prefeito a dois projetos de lei. O projeto de nº 77 visava conceder aumento aos vereadores, e veto foi acatado por 17 vereadores.

O projeto de nº 78 visava aumentar o subsídio do prefeito e do vice, mas o prefeito vetou e foi acompanhado por 18 vereadores.

 Em ambos, o parlamento seguiu o parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, presidida pelo vereador Diego Guimarães (PP), que foi também o relator dos pareceres.

O Presidente da Câmara, vereador Justino Malheiros (PV) considerou que o parlamento, ao manter os vetos, mostrou sintonia com a população. “Entendemos que não é o momento para conceder esse reajuste ”, salientou.

 O vereador Toninho de Souza (PSD), líder da oposição, observou que “quem desejava esse aumento era a Câmara antiga”.

 Na mesma sintonia o vereador Mário Nadaf (PV) afirmou que a Câmara procura atender os anseios da sociedade e detém autonomia para tomar as decisões que julgar conveniente. 

 O vereador Abílio Júnior (PV) comentou que “o momento é de contenção. Não é sensato conceder aumento para um  salário que já é bom, se comparado com o todo da sociedade”.

O subsídio, que, tecnicamente é o salário que recebem prefeito, vice e vereadores, ficou congelado pelos próximos quatro anos.

Atualmente o prefeito recebe 17 mil o vice, 12,7 mil e os vereadores recebem 15,3 mil. Se aprovado o reajuste, o prefeito passaria a 23 mil, um aumento de 23% o vice receberia 17, aumento de 33% e os vereadores passariam a receber 18,9 mil, aumento de 23,5%. “Com esta decisão de hoje, esses projetos foram arquivados. Acredito que, assim, encerramos um capítulo com vitória para a sociedade cuiabana”, disse o presidente Justino Malheiros.


RGA E AUXILIO ALIMENTAÇÃO PARA OS CONCURSADOS

Na mesma sessão também foi aprovada a Revisão Geral Anual (RGA) e auxilio alimentação para servidores efetivos da Câmara de Cuiabá.

O RGA será divido em duas vezes, sendo 5% em março e outros 5% em setembro. Já o auxilio alimentação aos servidores será no valor de R$ 400 que também será dividido em duas vezes.

 

SECOM – Etevaldo d´Almeida 




Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
25/09 - Missa de sétimo dia
25/09 - Vereador Gilberto Figueiredo realiza audiência para debater garantias às pessoas com deficiência
25/09 - Corrida e caminhada do bem
22/09 - Bussiki homenageia e ressalta importância dos agentes de trânsito de Cuiabá
22/09 - Audiência pública debate melhorias dos serviços para pessoas com deficiência
22/09 - Campanha dia das crianças
22/09 - Programa de disseminação de políticas públicas
22/09 - Professor Mário endossa projeto que leva alunos a conhecerem história da capital através do Ecobus
22/09 - Luta nacional: Pessoas com deficiências devem ter passe livre no transporte coletivo de Cuiabá
21/09 - Vereador Paulo Peixe - PSL, busca melhorias para a Av. Jacques Brunini
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Câmara Municipal de Cuiabá - Praça Moreira Cabral
Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Todos os direitos reservados © 2013 - Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.