Início
NOTÍCIAS
29/01/2019
”Soltar pipas com responsabilidade é mais divertido”, lembra Toninho de Souza
Toninho de Souza alerta sobre os riscos da utilização do cerol, uma mistura de cola e vidro, que é passada na linha da pipa.

Uma das brincadeiras preferidas ao ar livre das crianças é empinar pipa ou papagaio, especialmente nos meses de muita ventania e também as férias escolares. Mas tal brincadeira transforma-se em perigo quando entra em cena o cerol, uma mistura de cola e vidro, que é passada na linha da pipa.  
Utilizado pela maioria dos garotos para “cortar” a linha de outras pipas, consideradas como “adversárias”, o cerol pode cortar e ferir motociclistas, ciclistas e até pedestres que passam pelo local.

O que deveria ser uma brincadeira saudável e divertida está virando uma arma perigosa. Por isso, o vereador Toninho de Souza alerta à população sobre os riscos dessa brincadeira que pode causar muitos acidentes e até matar pessoas.

 “É necessário conversar com as crianças e até com os pais, orientando sobre os riscos dessa prática que pode levar à morte uma pessoa. Eu nunca soltei pipa, preferia o futebol quando criança, mas é uma tradição, por exemplo, aqui na capital. Quero alertar os pais que permitam que os filhos brinquem de soltar pipa, mas evitar que utilizem o cerol, ele pode provocar à morte de uma pessoa, Brinquem com a pipa, mas zero de cerol, sem o uso desse componente que é muito perigoso”, explica o parlamentar.

Alerta: Além do perigo do cerol, outra vilã ainda mais perigosa, também está sendo utilizada indevidamente: a linha chilena. Com um poder de corte quatro vezes maior do que o cerol, a linha chilena vem transformando a simples brincadeira de soltar pipa em um verdadeiro perigo. A linha é vendida em carretéis em diversas cores.

Punição

A Lei Ordinária - 8845/2008, proíbe, no âmbito do Estado de Mato Grosso, a utilização de cerol ou qualquer outro tipo de material cortante nas linhas de pipas ou similares. A mesma lei também pune com prisão os responsáveis pela criança (se menor) que provocar a morte ou acidente de alguém por meio do cerol.

Dicas de segurança:

-Não soltar pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos
-Evitar brincadeiras perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos
-Procurar locais abertos como praças e parques tentar soltar pipa sem rabiola, como as arraias, pois na maioria dos casos, a pipa prende no fio por causa da rabiola
-Não empinar pipa em cima de lajes e telhados
-Jamais utilizar linha metálica, como fio de cobre de bobinas ou cerol
-Não fazer pipas com papel laminado, o risco de choque elétrico é grande

Verônica Rakel
Assessoria de Imprensa


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
11/08 - CCJR analisa 11 matérias durante 20ª reunião ordinária realizada nesta quinta-feira
11/08 - Vereador se posiciona contra PL que libera caça esportiva em MT: "retrocesso à vida"
11/08 - Projeto que proíbe verba pública em eventos que promovam a sexualização de crianças é aprovado
11/08 - Câmara analisa projetos de lei e pareceres na sessão desta quinta
11/08 - Vereadora cobra luz e água para o Pedra 90 e região
11/08 - Secretária de Saúde atende convocação de vereador e presta contas no TCE
11/08 - Audiência Pública discute a criação e união do Setor III do Três Barras
10/08 - Câmara realiza exposição para celebrar os 50 anos do Palácio Paschoal Moreira Cabral
10/08 - Agora é Lei Semana de Conscientização e Combate ao Preconceito contra as Pessoas Portadoras de Nanismo
10/08 - Nosso Palácio completa 50 anos de história
10/08 - Lei que institui o Fevereiro Laranja campanha de conscientização sobre a leucemia é sancionada
09/08 - Artistas recebem Títulos de Acadêmicos Efetivos da ACILBRAS durante 3º Sarau Cuiabano
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.